sábado, janeiro 19, 2008

Despertar

Nota prévia: decidi publicar nesta data este poema da tia Mariazinha por ser hoje o aniversário das suas duas filhas gémeas - Sílvia e Isabel (minhas primas igualmente muito queridas).
Parabéns à mãe e às filhas!


Chegou a Primavera verde e florida
e caprichosa pôs em cada flor
doce harmonia de perfume e cor
... mágico acordar da terra adormecida.

Vibrante despertar do secreto sono
em manhã de sol de sublime encanto
no cantar das aves... só que entretanto
tudo empalidece em chegando o Outono.

Mas se há em nós um verão - fruto maduro,
saboreemo-lo no seu aroma puro
enquanto tem sabor e apetece.

Porque a vida é um sopro... morre num ai;
fôlego que mal se respira... s' esvai,
efémera luz que logo desvanece.

Maria Teodora
Agosto de 2007

9 comentários:

Maria disse...

Querida Maria

Por um momento pareceu-me estar a ler Florbela Espanca....

Que bonito este soneto, obrigada pela partilha.
Beijinhos, também para a tua mãe

Luisa disse...

Versos mágicos em homenagem a uma Mãe e suas Filhas. Visitei o teu site onde tens as fotorafias da Areia Branca mas não consegui deixar comentário porque exige um ID e password que não tenho. Quantas vezes terei passado pela vossa casa sem saber de quem era? Passei muitas férias na Areia Branca mas nunca encontrei lá os teus Pais. Naturalmente íamos em épocas diferentes. Que saudades tenho deses tempos em que fui tão feliz!

Rosa dos Ventos disse...

Parabéns atrasados à tia e à sobrinha querida que não a esquece!

Abraço

Graça Pires disse...

Parabéns às meninas, embora atrasados. Gostei do soneto. A Primavera começa a petecer. Um beijo Maria.

APC disse...

Bom de se ler, de se reler; de se dizer - para dentro e para fora -, de se ouvir a ecoar!...

Bichodeconta disse...

Bonita forma de parabenizar alguém que nos é muito próximo e muito querido..Lindo o poema.. PARABÉNS ÁS ANIVERSARIANTES..UM BEIJINHO, ELL

bettips disse...

Será que "eu penso" e não existo?
Iria jurar que deixei há que tempos aqui um comentário a esta SENHORA tia tão querida! Bjs

Sophiamar disse...

Parabéns à tia, embora atrasados. Um belo soneto. Quanto à fotografia, lindíssima, digo-te que a minha terra está coberta dessas flores, este ano, por sinal, ainda mais bonitas.

Beijinhossss

joão marinheiro disse...

OLá, peço que alteres o link do blog memorias virtuais porque este foi ocupado por alguem engraçadinho.
abraço daqui junto ao mar.