quinta-feira, maio 29, 2008

Um Abraço de Vida


Deitada na areia molhada
deixo que pequenas ondas
me invadam corpo e alma
num torpor enlanguescido.

A água, morna, conforta-me.
Sinto que lhe pertenço:
dela vim, num sortilégio do passado,
a ela, em farrapos, voltarei um dia.

Admiro o céu, sem núvens,
imaculado no azul do entardecer.

Uma brisa quente varre, com doçura, o areal,
trazida pelo mar, tímida como a espuma
que com os dedos desfaço e me humedece os cabelos.

No horizonte, o sol é uma bola de fogo,
forjando um adormecer tranquilo:
diária magia que executa de mansinho,
escondendo-se atrás da linha vísível
para surgir, radioso, do outro lado do mundo.

Inspiro o cheiro a maresia:
o ar que penetra o meu ser
limpa e lava qualquer dor,
lembra-me aqueles que amo.

Tenho tudo, sou feliz:
terra, água, fogo e ar,
eterno ciclo de vida.

Com emoção retribuo, agradecida,
da natureza o carinhoso abraço.

8 comentários:

Maria disse...

Olá minha conterrânea de peito!
Tinha saudades de te ler (tenho sempre).
É bom saber-te em paz com a natureza e de bem com a vida. Com paixão. Com amor. Como deve ser...
... e com o Baleal ao entardecer...

Beijos

maria carvalhosa disse...

Minha querida Maria,

Estou tão em falta para contigo! Aliás, para com quase todos os amigos que costumava visitar com regularidade e que, ultimamente, por razões meramente de indisponibilidade temporal, não tenho conseguido.

Agradeço muito o teu comentário e desejo, do fundo do coração, que, na medida dos teus desejos, te encontres numa situação em que eu, brevemente, te possa dirigir palavras semelhantes.

Um abraço afectuoso e um beijo com muito carinho.

dona tela disse...

Sinceramente, acha que o meu blog é pimba?

Muitos cumprimentos.

maria carvalhosa disse...

Dona Tela,
O que é isso de "pimba"? O seu blogue tem personalidade e gostei de o visitar. Vou "linká-la" aos espaços que visito.

Um beijinho.

dona tela disse...

Haja alegria por aqui também.

maria carvalhosa disse...

Dona Tela,

Agradeço e retribuo os votos de alegria.
Abraço.

Besnico di Roma disse...

Minha Querida – Não estejas deitada na areia molhada que ainda não está tempo para isso. Vais ficar cheia de reumático.
Não aceitaste o meu desafio literário… continua assim que vais arranjar muitos amigos… mas eu desculpo-te, vai ao meu “blog” tenho lá uma coisinha para te fazer rir.
(o palhaço da fotografia sou eu)

Beijitos miúda, gosto de ti.

maria carvalhosa disse...

Olá Besnico,
És um querido. Nunca te esqueces de ir aparecendo por aqui. Vou lá agora visitar-te.
Beijos doces.