domingo, novembro 16, 2008

Lançamento do livro de poesia "O Áspero Hálito do Amanhã", de Alberto Pereira


"A 6 de Dezembro às 18.30, será apresentado em Lisboa, no auditório sito ao Campo Grande Nº 56, a obra poética "O Áspero Hálito do Amanhã" de Alberto Pereira, com prefácio de Xavier Zarco. O autor nasceu em 1970 na cidade de Lisboa; licenciado em enfermagem, participou em diversas antologias, tendo obtido, em 2008, o 1.º Prémio de Poesia "Ora, vejamos". Obra e autor serão apresentados pelo emérito poeta Firmino Mendes. De destacar, seguramente um bom augúrio para a carreira poética de Alberto Pereira, o facto de quer o prefaciador, quer o apresentador, terem sido distinguidos com o prémio Vítor Matos e Sá, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra."

O que acima se pode ler é uma citação "pura e dura" do que a editora publicou no seu site, na rubrica "Próximos Lançamentos": http://ediumeditores.wordpress.com/proximos-lancamentos/

O que vos posso dizer é que conheci o Alberto Pereira em Leiria, quando lhe foi atribuído o 1º Prémio no Concurso "Poesia sem Fronteiras 2008" do "Ora Vejamos...", que é um homem adorável, simples, simpático, afectivo e que, embora ele não o soubesse até há pouco tempo... nasceu, entre outras actividades, para escrever. Escrever prosa, escrever poesia, escrever sentimentos. É tímido e, como qualquer um que dá os primeiros passos nestas aventuras, precisa do nosso apoio.

Fica aqui o convite, meus amigos: vamos lá fazer-lhe a surpresa de assistir ao lançamento do livro? Vamos envergonhá-lo com aplausos até mais não poder? Bora!...

P.S. A editora não o refere mas, por favor, tomem nota que é no dia 6 de Dezembro do ano de 2008!!! (;)

25 comentários:

Maria disse...

... e se ele foge com tanto aplauso?
:)))
Claro que vamos!
Imagino que leves a tua mãe contigo. Para lhe dar outro abraço...

Um beijo, Maria

Justine disse...

Pode ser esse o ponto de encontro para um próximo convívio, quem sabe!
O serão ontem foi encantador, e gostei da família toda, inclusivé da minha vizinha:))
Abraço

MySelf disse...

Convite aceite, se eu puder não faltarei!

Beijinhos

Alberto Pereira disse...

Maria muito obrigado pelas tuas palavras. Agradeço imenso o trabalho que estás a fazer para divulgar o lançamento do meu livro, pois viver a poesia neste país é uma tarefa heróica.
É desmotivante para quem desnuda a alma para uma arte, chegar e assistir à nudez de público.
Por vezes chegam a estar 5 a 6 pessoas como já assisti.
Obrigado a todos.

Alberto Pereira

bettips disse...

Não poderei. Mando um abraço de força e confiança "que a poesia é também uma arma"!
Maria C., vou mandar-te fotos de Mafra para o mail que aqui tens no perfil. Espero que cheguem.
Bjinho

Graça Pires disse...

Parabéns ao autor e felicidades.
Um beijo para ti Maria.

dona tela disse...

Desculpe a ausência, mas ando cá com um stress...

Amistosas saudações.

O Profeta disse...

Esta carícia de fresca brisa
Transporta a beleza de Oriente
Uma voz doce cede ao silêncio
Esta aurora acorda finalmente

A sombra perdeu-se na luz
Escuto o pranto e o riso na bruma
Palavras fugindo ao sentido
Lembranças perdidas na espuma


Boa semana


Mágico beijo

Rodrigo Rodrigues ("Perdido") disse...

Não confirmo nem desminto. Mas, para aliciar a motivação, onde é que são os copos?

Além disso, o que é "o auditório sito ao Campo Grande Nº 56"? Fico à espera de novidades. O Rui é que podia ir lá já que mora ali para as redondezas.

tulipa disse...

Não há nada mais fascinante e cativante do que conhecer in loco novas culturas.
Assim o fiz mais uma vez.
Sou uma privilegiada, Deus tem sido meu Amigo por me proporcionar momentos tão magníficos.
Consegui realizar mais um sonho na minha vida.

Noutras áreas a coisa não corre muito bem, mas a Esperança é a última a morrer, continuo diariamente na luta por aquilo que quero, hei-de conseguir.

Beijinhos.
Boa semana.

Também regresso HOJE depois de 12 dias ausente.

tulipa disse...

Olá MARIA

Também eu conheci o Alberto Pereira em Leiria, quando lhe foi atribuído o 1º Prémio no Concurso "Poesia sem Fronteiras 2008" do "Ora Vejamos...".

Estou de acordo contigo Maria:
vamos lá fazer-lhe a surpresa de assistir ao lançamento do livro?

Espero que nos possamos re-encontrar nesse dia, que dizes?
Beijinhos.

tulipa disse...

Maria
estou à espera da tua resposta sobre a tua presença neste evento, pois terei que planear a minha ida com alguma antecedência.
Se fores, tudo farei para também ir.
Já agora, onde é "o auditório sito ao Campo Grande Nº 56"?

Fico à espera de uma resposta tua.
Beijinhos à Mãe e Tia Teodora, e a ti também Maria.

maria carvalhosa disse...

Querida Tulipa,
Naturalmente que estamos a pensar ir. Aliás, só não iríamos por algum motivo de força maior.
Gostava de entrar nalguns detalhes contigo, mas prefiro fazê-lo via mail.
Obrigada e beijinhos com amizade e ternura.

maria carvalhosa disse...

Querida Maria,
Encontrar-nos-emos lá, não é? Entretanto, precisava do teu endereço de mail com a maior brevidade possível. Podes entrar no meu aqui, no perfil, e deixar o teu... assim não precisa de ficar público. Conto com isso, está bem?

Beijos carinhosos e um abraço "dos nossos".

maria carvalhosa disse...

Amiga Justine,

Estou ansiosa por voltar a encontrar-te no lançamento do livro do Alberto. Gostei muito do nosso convívio aquando do lançamento do livro da Licínia.
É muito importante que lá estejamos todos. Entretanto, irei enviar-te um mail mais detalhado. ;)

Beijinhos.

maria carvalhosa disse...

Minha querida Myself,

Conto mesmo contigo. A exemplo do que referi às amigas acima, entrarei em contacto, ainda hoje ou amanhã, via mail, sobre este assunto mas com mais pormenores que não interessa aqui aprofundar.

Muitos beijinhos para ti (e para o Patxukinha).

maria carvalhosa disse...

Olá Rodrigo,

Gostaria muito que fosses (ou, então pede ao Rui para te representar no evento). Seria excelente se pudessem estar os dois, mas se for um de vocês, já não é mau. O pior é se se "baldam" ambos... aí é que fico mesmo triste (e vocês não gostam de me ver triste, pois não? Afinal, são meus amigos, ou não?)

Um abraço.

maria carvalhosa disse...

Querida Bettips,

Que pena não poderes estar presente! Mas esse "não" é mesmo definitivo? Bom, vou enviar-te um mail a tentar convencer-te com argumentos campestres... ;)

Beijos. Muitos.

maria carvalhosa disse...

Querida Graça,

Agradeço os parabéns, em nome do Alberto, e aceito o teu beijo com muito carinho. A verdade é que fiquei sem saber se podemos contar com a tua presença. Além do mais, nunca sei se recebes os meus mails porque nunca obtive qualquer resposta tua por essa via...
Não te importas de voltar a enviar-me o teu endereço para o meu, que se encontra aqui no "perfil" do blogue?

Muito obrigada, amiga.
Beijos ternos.

maria carvalhosa disse...

Estimada Dona Tela,

Fiquei sem saber se poderemos contar com a sua presença no lançamento do livro do Alberto Pereira.
Dar-lhe-ía muito incómodo pensar sobre o assunto e dar uma resposta com a maior brevidade?

Antecipadamente grata, envio-lhe um amistoso abraço.

maria carvalhosa disse...

Caro Profeta,

Agradeço o gentil poema que aqui deixou e os votos de boa semana.

A verdade é que fiquei sem saber se poderemos contar com a sua presença no evento de lançamento do livro do poeta Alberto Pereira.

Muito agradecida lhe ficaria se me desse uma resposta sobre esse assunto.

Cumprimentos amistosos.

maria carvalhosa disse...

Alberto, meu querido amigo,
Não tens nada que agradecer. Sabes que faço esta divulgação com muito prazer e que darei o meu melhor pra conseguir levar mais amigos. Estou confiante que o evento da apresentação do teu livro não será para meia-dúzia de pessoas, mas sim para uma sala cheia.
Vamo-nos mantendo em contacto.
Beijos.

Licínia Quitério disse...

Muitas felicidades para o poeta.

Nota:Fiquei sem perceber bem quem é que a editora está a promover.Eu ando a fazer muitas confusões...

maria carvalhosa disse...

Não,amiga Licínia,não és tu que estás a fazer confusões... sem mais comentários!
Beijinhos.

tulipa disse...

Querida Maria,
depois de ler o comentário que deixaste para mim onde dizia:
"Naturalmente que estamos a pensar ir. Aliás, só não iríamos por algum motivo de força maior.
Gostava de entrar nalguns detalhes contigo, mas prefiro fazê-lo via mail."
FIQUEI à espera do dito e-mail e nada...fiquei triste.
Como tem havido problemas c/saúde de uma sobrinha, não tenho cabeça para nada e quando me lembrei já tinha passado o dia 6, nem imaginas como fiquei.
Beijinhos.