terça-feira, fevereiro 07, 2006

Ainda e Sempre Bashô


Mesmo um velho cavalo
é belo de manhã
sobre a neve

(Matsuo Bashô)

10 comentários:

Vasco Pontes disse...

... Sim os cavalos são sempre belos, novos ou velhos. Na minha cabeça confesso, são sempre jovens e livres. Os cavalos nunca são tristes, mas parecem perceber a tristeza, quando ela faz crescer.
Olá Maria,
Beijos

Lena disse...

velhos ou novos...transmitem a liberdade que muitos gastariam de ter...mesmo com obstáculos, desafios(neve)...são belos, leves e livres!
Simplicidade...gostei...

João Villalobos disse...

Lindo haiku!
Já tentei várias vezes linkar este blogue ao nosso mas vou parar a um outro em inglês com o mesmo nome. Socorro! Tenho que perguntar ao Paulo como é que ele conseguiu :(

HatA/mãe disse...

Belo animal
Quem me dera, poder ter um...gosto tanto.
Mas enfim não é para todos este luxo.
Um abraço

maria disse...

Obrigada, João. Eu sou completamente fascinada pelos haiku (só alguém muito distraído não teria notado, não é?) e, muito em especial, pelos do mestre Bashô, através de quem este género poético japonês atingiu a sua textura mais cristalina, em minha opinião nunca antes alcançada pelos seus antecessores e, do mesmo modo, nunca mais completamente conseguida pelos seus discípulos... so far and as much as I know....
Apaixono-me pela simplicidade de cada poema logo à primeira leitura e rendo-me, definitivamente, à multiplicidade de leituras possíveis a partir daí, tão características da filosofia e da cultura zen.

Falando agora de coisas prácticas e complicadas como a linkagem do blog, o problema está na minha "nabice" aquando do registo do nome no blogspot. Cometi um erro mas, agora, acho que é preferível assumi-lo do que estar a mudar... então é assim: como, aparentemente, já havia um www.thornlessrose.blogspot.com, o meu foi rejeitado. Como eu tinha "embicado" para este, fui teimosa e contornei da maneira mais estúpida, i.e., prefixando "thornlessrose" de www mas sem ponto a separar as palavras. É claro que o meu filho, por exemplo, gozou comigo... mas enfim... os filhos são muito cruéis para com as ignorâncias dos pais -;) : parece que bastava não ter escrito nada antes do nome do blog, logo a seguir ao http://.... simples, afinal!!!
Bom, a verdade é que acabou por ficar esta coisa sem-sentido, do ponto de vista cibernético, que é: http://wwwthornlessrose.blogspot.com. Tenta assim, está bem? Calculas como é gratificante para mim fazer parte da selecção de blogs na listagem de links do "Prazeres Minúsculos"!?
Um beijo.

João Villalobos disse...

Muito obrigado, Maria! Só agora vi a resposta e vou então tentar linkar sem o ponto :)

João Villalobos disse...

Já está :)

Paulo Cunha Porto disse...

Querida Maria:
"Tens" de ir ao Jansenista, ler o pequeno "post" de hoje «Flash 1», que vais ter uma alegria.
Beijinhos. Cada vez que citas Bashô é um regalo para o espírito.

João Norte disse...

Deixa lá Maria.
Em questão de nabice eu devo ser o maior, não percebo nada destas coisas. Pedi à nossa amiga Lurdes para me fazer um site e ensinar-me a lidar com ele. Já esta aberto embora ainda incompleto, podes visitar já. http://joaonorte.com

João Norte disse...

Era!... Já não sou tanto. Não nada como ter bons mestres.

Vejam a minha nova página http://joaonorte.com organizada pela Lurdes ashera.
Um mimo!