quarta-feira, abril 09, 2008

Rosa-sem-espinhos (de novo)


A Mafalda pediu-me uma fotografia das minhas rosas-sem-espinhos para servir de ilustração a um poema seu. É com grande alegria que lhe cedo a imagem e rejubilo de felicidade ao constatar que este alvo do meu afecto, desde sempre, passou a ser partilhado pela comunidade de amigos de forma tão natural e espontânea.

Recomendo que vão visitar o "Vento Agreste" ou "A Casa no Alto do Monte", onde, com as rosas amarelas por pano de fundo, podemos assistir a uma estreia mundial da Mafalda Coimbra numa incursão pelos terrenos da poesia.
Não comento aqui.
Limito-me a agradecer a deferência.

Beijos gratos e ternos, Mafalda.

5 comentários:

Akinogal disse...

See Please Here

MySelf disse...

querida amiga, é tão bom quando sentimos que gostam do nosso 'olhar'!

beijinhos

Júlia disse...

Já tinha dado para ver e sentir a sensibilidade da Mafalda. Mais uma vez se confirma.
Um grande beijo

Perdido disse...

Uma espreitadela só para deixar um beijo.

Vim do quintal da Mafalda a ver lá as rosas dela

amarelas

sem espinhos


Dá para acreditar?

bettips disse...

Enfim...as rosas. as que se tocam sem temor. as que se olham com amor
Beijinhos