domingo, novembro 16, 2008

O meu País



O meu Pais - música de "Luar na Lubre"
Há muito que não me deixava comover assim por uma música. Dos meus olhos, habitualmente secos, de tão habituados a chorar para dentro, brotaram lágrimas, ao sentir este delicioso acasalamento entre a sonoridade instrumental celta e a voz dolorida, o tom, os requebros do fado tipicamente português. O meu País não acaba no rio Minho, ao Norte de Portugal; estende-se para lá dele até ao Mar Cantábrico e só encontra a fronteira quando, em Ribadeo, chega ao fim das Ryas Altas, quando Viveiro, Porto Barqueiro e a Estaca de Bares já ficaram para trás.
O amor pela beleza dos lugares ... esse continua pelas terras das Astúrias... e mais à frente... sempre... até onde o sentimento pelas maravilhas deste planeta (ainda que, repentinamente, a minha direcção se inverta para oeste em vez de leste) me fazem sentir que Pátria é ligação afectiva, é o deslumbramento que ainda me causa este corpo celeste que, temporariamente, habito.

4 comentários:

Maria disse...

Já sei esta cantiga quase de cor, de tanto a ter ouvido aqui...
Obrigada, Maria Carvalhosa!

Beijos e um abraço especial à tua mãe

Graça Pires disse...

Obrigada Maria por partilhares aqui esta música, esta voz, estas imagens do "meu país". Um beijo.

Maria P. disse...

Sabe bem...
:)

(E como soube bem aquela tarde!)

:)Beijinho*

Rodrigo Rodrigues ("Perdido") disse...

O meu comment é: "no comments!"