terça-feira, julho 31, 2007

As brumas da Berlenga

Fotografia de António Rodrigues, o "madrugador"... ;)

Não. Não se trata de mais uma paráfrase a partir de "The Mists of Avalon". É que hoje a Berlenga amanheceu assim, envolta em brumas, e eu senti uma vontade imensa de ir até lá, mais logo, com o sol aberto. Manhãs nostálgicas as desta terra, que logo se dissipam quando os raios do astro-rei rompem as núvens e com eles trazem cor, vida, alegria de aqui estar, neste lugar abençoado pela mãe-natura.

25 comentários:

Maria disse...

E quantas vezes é isto mesmo que acontece, uma enorme bruma, e de repente o sol "abre" e faz um calor que até "pica" os corpos....

Que saudades, Maria, da nossa ilha...

Beijinhos

Teresa Duraes disse...

nunca lá fui... e passo férias perto :)

bettips disse...

Ai "marias" de sempre!!! Que saudade de Peniche e suas ruas abertas para um forte/forte, azul. Beijinhos, se férias, que sejam BOAS e BEM!

Luís disse...

É em dias assim que a vida nos revela toda a sua doçura...

Rosa dos Ventos disse...

É um privilégio viver à beira-mar, mesmo com brumas...

Olhos de mel disse...

Que imagem! Aí os poetas se inspiram, os amantes se inebriam, os pássaros cantam e os encantos contagiam.
Bom fim de semana! Fique com Deus!
Bjs

amita I disse...

Tudo está lá para o sonho.
Com muito carinho, um bjo e umas férias lindas.

Charlie disse...

É uma zona do Mundo abençoada pelo que há de mais belo. Desde as gentes, paisagens e a força impar da natureza.
Um sonho...
Magnifico...
Bom fim de semana.

Carlos

Nilson Barcelli disse...

Nunca fui a essa ilha...
Com ou sem brumas.
Bom fim-de-semana.
Beijinhos.

carteiro disse...

Quanto mais intensas forem as brumas, maior se torna a capacidade de sonhar e imaginar o que está por detrás...

bettips disse...

deixo-te um "arroubo" de sol... e um bjinho; mais um sorriso ao passar para o papel algo que escreveste e me tocou tão perto. Que BEM estejas, tu...

Olhos de mel disse...

Que sua semana seja cheia de realizaões! Fique com Deus!
Bjs

Olhos de mel disse...

Passando pra deixar beijinhos e lhe desejar um bom fim de semana!

Poesia Portuguesa disse...

Boa noite.
O poema de Maria Teodora já está postado.
Grata pela partilha.
Um abraço carinhoso e bom fim de semana ;)

Licínia Quitério disse...

A ilha a despertar, deixando avistar o seu dorso animal do princípio do mundo. Dá-lhe saudades minhas.

Um beijo.

TINTA PERMANENTE disse...

E saudades mais ainda (me) sobram, um quase nada mais acima, dos murmurios nos Farilhões...
Abraço.

joão marinheiro disse...

Tão bonita a minha ilha embrulhada no manto de nevoas breves...
Nos dias de nevoeiro à quarenta e tal anos, quando por lá vivia, eram dias de azafama e barulho a dobrar, os motores electricos que alimentavam o sinal sonoro não descansavam....Agora tudo é mais simples...
Abraço longe da ilha encantada

Olhos de mel disse...

Maria, passando pra deixar beijinhos. Boa semana! Fique com Deus!
Beijos

luso poemas disse...

venha participar em www.luso-poemas.net

bettips disse...

Deambulo. Bj

Olhos de mel disse...

Passando pra deixar beijinhos.
Fique com Deus!

Olhos de mel disse...

Que sua semana seja de grandes realizações! Fique com Deus! Beijos

SILÊNCIO CULPADO disse...

Que bom que é encontrar quem se preocupe com a linguagem das coisas que nos rodeiam, com um amanhecer envolto em bruma. Peniche é lindo e as Berlengas nem se fala!...

Maria disse...

Passei de novo para ver a Ilha, envolta em brumas....
É sempre tão linda...

Beijo

Boo disse...

Berlengas, uma fantástica ilha cheia de recantos a descobrir... :)